É todo tráfego gerado para seu site por meio de anúncios, promoções ou campanhas pagas. Podem ser anúncios colocados no Google, redes sociais, sites, aplicativos ou em qualquer outro lugar que um cliente possa ver anúncios na web.

Uma das formas mais comuns de tráfego pago é a publicidade Paga Por Clique (PPC) que utiliza o Google Ads. Outros tipos incluem publicidade Pagamento Por Aquisição(PPA), custo por mil impressões (CPM) e anúncios de banner.

Você pode saber se como PPC (pagamento por clique) ou CPM (pagamento por mil impressões, o “M” em CPM representa o numeral romano para 1.000). O Google Ads e o Facebook Ads e Instagram Ads são duas das plataformas mais populares usadas para gerar tráfego pago para sites, mas também existem muitas outras fontes de tráfego pago.

Como o tráfego pago pode alavancar minha empresa?

O tráfego pago pode ter um impacto extremamente positivo no seu site se for cuidadosamente planejado e executado. Um dos benefícios é poder escolher exatamente quanto você quer gastar e direcionar seu investimento nos mais adequados tipos de tráfego pago para o seu site.

Além disso, você pode definir um valor máximo diário que deseja gastar em determinados tipos de publicidade (Pago Por Clique). Você também pode usar a otimização de palavras-chave(fundo de funil) para direcionar com um tráfego mais qualificado para o seu site. Um público que já está mais preparado para comprar.

Como o tráfego pago pode quebrar minha empresa?

Só porque alguém clica em um link no topo do Google não significa necessariamente que vai gostar do seu produto ou serviço. Você está pagando para direcionar os consumidores ao seu site, mas eles não têm obrigação de comprar nada.

Portanto, o tráfego pago não aumenta diretamente as vendas e as taxas de conversão. Sites mal projetados combinados com alto tráfego são prejudiciais.

Se os usuários saírem de sua página imediatamente após entrar, seu CRT diminui, a taxa de rejeição aumenta, e você ainda será cobrado pela visita à página.

E o principal: (CAC) Custo por Aquisição muito alto onde no final das contas, a longo prazo se não conseguir manter o LTV sairá no prejuízo. Ex:

As principais fontes de tráfego para atrair clientes para seu site

  1. Anúncios do Google – O Google Ads é um dos métodos mais populares para direcionar tráfego pago para uma página de site ou landing-page. O Google usa redes de display para criar formatos atraentes para alcançar uma ampla variedade de clientes. É considerado um dos geradores de tráfego da web mais bem pagos e ajuda a aumentar o reconhecimento da marca e aumentar o envolvimento do visitante. O Google Ads também usa consultas de pesquisa para que você possa segmentar pessoas com interesses muito específicos. Além disso, você também pode controlar seus custos definindo máximos diários, além de medir e gerenciar os resultados da campanha por meio de análises quantitativas.
  2. Facebook e Instagram – Com mais de 1 bilhão de usuários, o Facebook é uma das maiores e mais ativas redes de mídia social do mundo. As campanhas de PPC do Facebook e Instagram são incrivelmente eficazes na divulgação e criação de tráfego devido à gigantesca base de usuários. Também permite mirar com extrema precisão. Você pode segmentar demograficamente, geograficamente, por interesse e comportamento. Por exemplo, você pode segmentar homens solteiros entre 45 e 60 anos que moram em Curitiba e tenham viajado recentemente. O Instagram, juntamente com o Facebook, são os principais sites de tráfego pago disponíveis hoje.

Os objetivos do tráfego pago

O objetivo do tráfego pago é adquirir clientes e aumentar o faturamento, mas é importante que o ROI(retorno sobre investimento)seja no mínimo 1.5x maior.

A AlanPereira.com está focada em ajudar as empresas a ganhar dinheiro, e isso significa que o Custo por Aquisição de Cliente(CAC) é importante. O cliente adquirido precisa autofinanciar seu negócio. Caso contrário, seu negócio vai quebrar.

Quando se trata de pesquisa paga, a empresa que estiver disposta a investir mais dinheiro para adquirir um cliente geralmente vencerá. A segmentação de clientes pode ser cara se você estiver tentando alcançar todos e pode esgotar seu orçamento rapidamente se não planejar. Por esses motivos, é importante definir o público e segmentar seu público por meio do seu funil de marketing. O tráfego pago também deve ser usado para complementar seus serviços de SEO, fazendo o remarketing dos visitantes anteriores do site.

O tráfego pago geralmente é usado como um sistema com várias campanhas para gerar leads para o seu negócio. Suas campanhas podem trabalhar juntas para atingir objetivos diferentes.

  1. Certifique-se de ter metas para suas campanhas.
  2. Sempre saiba em que estágio do relacionamento(jornada de compra) você está.
  3. O objetivo é provar que você sabe do que está falando antes de pedir aos visitantes para comprar.
  4. Explique: Quem é essa marca, o que eles têm para vender?(PUV)

Dicas de tráfego pago

  • O tráfego é usado para construir relacionamentos, por isso precisamos entender e definir nosso cliente ideal
  • Compreender os pontos problemáticos, desejos e os desafios do seu cliente é fundamental
  • Responder as inseguranças e objeções à venda em sua página é importante
  • As empresas locais podem se beneficiar do uso das extensões de local para destacar seu estabelecimento no Google Meu Negócio
  • Invista em redação profissional(copy) de páginas de destino e otimização da taxa de conversão

Ficou alguma dúvida?

Se quiser saber mais, chama agora no WhatsApp que temos uma equipe preparada para ajudar você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *