Se a programação neurolinguística parece um conceito absurdo para você, ainda mais quando a unimos com o marketing digital, saiba que são complementares e podem proteger a saúde financeira das empresas, como uma tela fachadeira faz nas obras.

Porém, antes de listarmos essas aplicações, precisamos compreender a fundo tudo sobre a PNL. Então, se ficou curioso, abra seu bloco de notas e prepare-se para um conteúdo rico logo abaixo!

O que é programação neurolinguística?

Ela se enquadra no grupo de tecnologias de IA que também inclui aprendizado de máquina, reconhecimento de imagem e assim por diante. Resumidamente, é por ela que um computador tem a capacidade de ler, traduzir e resumir um texto.

Também é boa para lidar com as nuances da linguagem natural, como erros de ortografia, gírias, termos informais ou sotaques regionais, permitindo que as máquinas executem tarefas com a maior precisão possível.

Basta pensar como o Google ou outros sites podem fornecer resultados relevantes, mesmo que seu termo de pesquisa não esteja escrito ou formulado corretamente – isso é a programação em ação!

Como aplicá-la no Marketing Digital

Captando e qualificando os leads

Imagine que queira saber mais sobre válvula de alívio. Onde pesquisaria? Certamente, mais de 80% das pessoas diria ‘no Google’.

O mecanismo de busca recebe cerca de 5,8 bilhões de acessos por dia, o que se traduz em muitas oportunidades para sua empresa capturar leads. No entanto, os clientes não gostam da ideia de ter que esperar muito para que alguém responda às suas perguntas.

Com a PNL, você pode utilizar chatbots que os respondem instantaneamente, bem como, coletam informações sobre quem visita seu site e etc. Quer mais? Eles são úteis na qualificação de leads, pois identificam se alguém está pronto para passar do ‘ponto A’ para o ‘ponto B’ no funil de vendas.

Análise de sentimentos

O marketing digital envolve mensuração do desempenho de suas campanhas. Essa tarefa é fundamental, pois você precisa ter a certeza de que está usando as estratégias certas ou modificar aquelas que não estão contribuindo para seus esforços.

Desta forma, é fácil rastrear o conteúdo de melhor desempenho e, em seguida, obter uma compreensão clara do motivo deste sucesso com o público. Ao contrário de um pallet descartável, que tem ótimas funções no dia a dia, mas é jogado fora, o PNL atrelado ao marketing digital deve permanecer como uma das principais estratégias.

Tecnologias de programação neurolinguística como ferramentas de escuta social, permitem que encontre pistas de linguagem (como termos positivos, negativos ou neutros) que as pessoas usam para descrever o sentimento em relação à sua empresa.

Alcance do público alvo

No mundo digital de hoje, os dados do cliente podem ser a força motriz. Do jeito que está, a internet já armazena quantidades inimagináveis de dados de texto, mas também de dados de fala.

De fato, os alto-falantes inteligentes cresceram quase 200% nos últimos anos, o que mostra como assistentes virtuais como Alexa ou Siri já são tendências e todos podem ganhar com essa adição.

O que achou do nosso texto sobre Programação Neurolinguística aplicada no Marketing Digital? Se gostou, não se esqueça de enviar para os seus amigos e compartilhar em suas redes sociais, até a próxima!

Este artigo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *