Atualmente, a internet possui uma série de problemas relacionados à segurança de sites que são alvos de ataques cibernéticos e isso gera grandes prejuízos porque, muitas das vezes, informações importantes são perdidas quando esse tipo de ataque ocorre. 

Com o crescimento de crackers – hackers que utilizam seus conhecimentos para roubar informações -, a segurança de sites está cada vez mais comprometida. Felizmente, já existem métodos eficazes de como prevenir esses ataques. 

Como evitar ataques cibernéticos 

Escondidos por trás de uma tela, criminosos digitais acreditam que podem sair impunes quando atacam algum site e roubam informações, ou até mesmo o tiram do ar; mas na realidade, a internet hoje é semelhante a um display em acrílico, dando transparência e suporte para pessoas que sofrem esses crimes.

Existem vários meios de se prevenir desses ataques, principalmente quando se tem páginas grandes dentro da internet. Ainda que expostas para qualquer um visitar, é necessário um grau de segurança interna para não perder todo o trabalho de criação em segundos para um cracker.

Atente-se com conteúdos suspeitos 

Como suspeitar de um conteúdo? Provavelmente você já deve ter recebido algum spam ou visto uma propaganda com ofertas super baratas, desconfie. Principalmente quando se trata de parcerias suspeitas com seu site, pois podem ser criminosos virtuais tentando ter uma pequena brecha para se apoderar do domínio da sua plataforma. 

Backup de conteúdos 

Esteja sempre com o backup de seu site em dia para que, caso venha a perder o domínio do seu site, seu conteúdo inteiro não vai simplesmente desaparecer como uma mangueira de incêndio apagando um foco de incêndio. 

Criptografia de sites 

Uma das maneiras eficazes de barrar um criminoso virtual é criptografando o site, fazendo com que as informações sejam convertidas em dados codificados, que só poderão ser lidos uma vez que descriptografados. Esse processo geralmente garante uma maior segurança de informações.  

Meios mais comuns de ataques cibernéticos

Entre vários meios de ataques cibernéticos, os mais usados são aqueles que vão remover sites do ar, roubar informações ou até reconfigurar essas plataformas, deixando mensagens de cunho que fazem apologias que vão contra a ideologia do portador do site. 

Utilizando Brute Force Attack – força bruta de ataque, adivinhando senhas e logins -, Backdoors – que permite que o cracker tenha qualquer informação da plataforma e do computador invadido – e Ddoors – utilizando computador “zumbis” para gerar um tráfego de dados superior ao suportado pelo site e derrubá-lo – são as ferramentas mais comuns para desbancar sites. 

Por isso, proteger um site é uma tarefa importante e que evita diversos prejuízos. Com tantos criminosos agindo desse modo, é fácil perceber a fragilidade da internet, mas ficou mais fácil buscar uma segurança de qualidade para a proteção dessas redes. 

O congelamento de práticas de segurança, semelhantes à de um aparelho de refrigeração industrial, pode gerar problemas diversos ao host de um site, levando o mesmo a ficar sem o domínio da plataforma definitivamente. 

Deste modo, estar atento a possíveis invasões é necessário. Os métodos citados são apenas alguns de tantos que podem ser utilizados para a segurança virtual de sites, que acabam estando na mira de criminosos por acharem que podem fazer o que quiserem no espaço virtual. Mas não deve ser assim.

Este artigo foi produzido por Maria Eduarda, criadora de conteúdo do Soluções Industriais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *